Monday, 31 December 2007

Friday, 21 December 2007

Despedida


depois disso desmontei apê, voltei pra casa de mamãe e saí em busca de mim mesmo.

Sunday, 19 August 2007

Pedra do Pântano

Eu e César. BROTHERZAÇO! Muitos cânions e escaladas em São João. Saudades bro!

Thursday, 7 June 2007

Pico dos Marins

O Pico dos Marins e toda a serra tem uma energia que não dá pra exaplicar. Fui com a a Vivi, o Vadico e o primo dele pra fazer a travessia Marins-Itaguaré mas a Vi tava doente, gripe forte, cólica e o cacete, e o Vadico ainda tinha uma costela quebrada. Tivemos que abortar.. Aí passou um mês, eu tive um tempinho livre e fui sozinho fazer a trilha. Dois dias oníricos comigo mesmo no alto da serra.

Sunday, 11 March 2007

César e Família


Cânion Xamã, São João da Boa Vista/SP
César, Vadico e Seu Marcelo, pai do César. Tiozão da pegada!

Tuesday, 23 January 2007

7-- vidas

Eu demorei três dias pra conseguir sair da Chapada e voltar pra Pira. Meu primeiro ônibus, depois de sair de Mucugê, quebrou 8 vezes. Por 8 vezes paramos pra arrumar correia, aquecimento do motor, queda do para-choque, lanterna, e por aí vai. Eles usam os ônibus assassinos pra rodar no interiorzão. Por conta disso, cheguei em Vitória da Conquista atrasado, e havia um ônibus esperando por mim.. A história é longa mas pra encutar, meu segundo ônibus bateu e quase todo mundo vai pro espaço.. Ai rolou uma manifestação, almoço free, coisa de louco. Mas foi suado viu...

Thursday, 18 January 2007

Don't waste a opportunity!

Postion #109 of Kama Sutra

Xapei na ladeira...

Saí cedo da casa de Dona Raquel e fui conhecer o cachoeirão por cima. Tive que sair do vale do Pati, voltar algumas horas de caminhada e depois entrar numa outra picada que leva ao cachoeirão. Levei horas pra achar esse tal "desvio" que leva a cachoeira, principalmente por pouca experiência com mapas.Achei mais um grupo de rapazes que estavam perdidos e ficamos mais algum tempo subindo e descendo as ladeiras até eu me dar conta que ainda estávamos horas antes, ainda havia muito o que andar.O visual é incrível. O sol ardia e como eu ainda tinha muito chão pela frente, me despedi dos cariocas e tomei o rumo de casa. Cheguei na casa de D. Raquel, arrumei minha mochila e me despedi. Estava decidido a pegar a ladeira do Império no mesmo dia e chegar em Andaraí de madrugada.Pra encurtar, eu cheguei na última casa do vale já estava escurecendo e encontrei os frances que eu via a cada 2 ou 3 dias de caminhadas. Eles iam ficar lá pra dormir e seguiriam no dia seguinte. Eu expliquei que ia direto. - Look, but it's late. Why don't you rest here and go tomorrow morning?. Não, disse eu. Tá susssa. Basicamente.. a ladeira era violenta, eu estava acumulando 15h de caminhada non-stop, exausto, não tinha água nem comida, cheguei num ponto que eu ceguei. Eu não via mais a ladeira, era como se tivesse tudo preto em minha frente. Tava escuro e eu não consegui achar nada... Sinistro. Resolvi armar minha barraca e dormir no chão mesmo, sem nem desmontar a mochila. No meio da noite um casal tropeçou em mim, ainda queriam me convencer a descer com eles e voltar no dia seguinte. - Irmão, eu não saio daqui nem morto hauahauha... No dia seguinte acordei cedinho e olha que a trilha continuava na minha cara e eu não via nada.. Perrengue.

Tuesday, 16 January 2007

Breath...

Cachoeira dos Funis (Vale do Pati, Chap. Diamantina - BA)

Monday, 15 January 2007

Lampião

Saudades de um tempo que não mais há de voltar.

Sunday, 14 January 2007

Morrão

(...) e conheci esses malucos no meio do cânion do Capivara, no caminho pra fumaça. Dois rapazes de Salvador, gente finíssima. Tinham um mapa mas não entendiam nada de nada e mesmo assim estavam seguindo. Na vibe, pegando a cola dos grupos e se divertindo. Um deles mancava feio, disse que tinha arrebentado o joelho na descida da ladeira do império, logo no começo (eles estavam fazendo o caminho inverso, saindo de Mucugê) da fita. Senti pena porque eu conhecia aquele estilo de mancar e sabia exatamente a dor que o cara estava sentindo. Dei uns analgésicos pra ele. Sentamos sob as pedras, longe dos grupos turísticos pra conspirar e trocar uma idéia. Cada um com um mapa, apontando destinos e trocando informações. Já foi na Serra dos Cristais perguntou um deles. - Que que é isso? - Ah! Rei, você tem que ir pra lá, os cristais brotam do chão. Me apontou no mapa, seguindo o Morrão, mais a leste. Aí estamos no caminho. Na foto o morrão está ao fundo.

Saturday, 13 January 2007

Friday, 12 January 2007

Beber, cair, levantar

Travessia Lençóis - Capão (Fumaça por baixo). Tirei duas semanas pra ir de Lençóis até Mucugê sozinho pelas trilhas, fiz uns 115km em 10 dias. Perdi uns 5kg, me perdi meio dia no meio do cânion, me encontrei, quase chorei, me controlei. Encontrei gente ótima e gente ruim. Cai, escorreguei, cai, cai, levantei e terminei. E olha que falaram que o paulista ia se f$@# no mato!